Discurso do Presidente da Apiesp na posse da Uenp

Sexta, 22 Julho 2022 10:49 Publicado por Comunicação Social

Excelentíssimo professor Aldo Nelson Bona
Magníficas reitoras e magníficos reitores
Senhoras e senhores

A história das universidades estaduais que constituem o maior ativo intelectual do Paraná revela o mesmo processo de fundação.

Em determinadas regiões a sociedade se organiza, constitui faculdades que espelham profissões ali consolidadas, cria uma tradição de ensino superior e depois, por associação a outras faculdades, surgem as universidades.

As datas de nascimento de nossas instituições variam, as particularidades nos distinguem e distinguem nossas regiões, mas o trânsito fundacional é o mesmo:

Da sociedade para o governo, que valida e financia este poderoso sistema.

Cada uma de nossas universidades expressa um projeto de desenvolvimento local e um sonho de tornar este estado, outrora visto apenas como essencialmente agrícola, em uma rede de captação, formação e retenção de talentos.

Podemos dizer hoje que o Paraná é um estado essencialmente universitário, com um sistema que contribui para as inúmeras vocações de geração de renda - do turismo ao agro, da cultura à indústria.

E esta rede, que se espraia por todas regiões, foi tecida com a participação ativa da comunidade, de nossos representantes políticos e de gerações que acreditaram que, sim, no interior do Paraná podemos ter equipamentos de ensino e pesquisa de ponta.

Zelar por este patrimônio que recebemos de quem nos antecedeu é o primeiro compromisso de cada um e de cada uma que está em nossas universidades. Mas esta responsabilidade recai particularmente sobre os dirigentes de nossas instituições e de seus representantes políticos.

O que nos reúne nesta noite, a posse dos professores Fábio Antônio Néia Martini e Ricardo Aparecido Pontes, respectivamente reitor e vice-reitor da UENP, é antes de tudo um ato de afirmação da importância da universidade pública estadual paranaense. É também uma renovação da crença originária no poder de transformar a sociedade pela educação.

Os professores Fábio e Ricardo entram agora no grupo dos dirigentes institucionais que levam adiante um legado tão crucial para o crescimento humano do Paraná: o do ensino superior descentralizado, inclusivo em todos os sentidos, principalmente na sua representação regional.

No ato de criação da UENP, ficava clara esta força que nos move:“A UENP, nascida sob a égide da força cooperativa e da vontade da sociedade”, diz o documento. Poderia usar estas palavras para definir a própria Apiesp, cuja presidência ocupo neste momento, para reafirmar que devemos cultivar a força cooperativa e expressar com nossas ações a vontade da sociedade, respeitando o perfil de cada instituição.

Nesta oportunidade em que toma posse uma nova equipe que seguirá na construção de uma universidade pública cada vez melhor, queria ainda agradecer o trabalho da professora Fátima Padoan e do professor Fabiano Costa, reitora e vice-reitor da gestão que se emoldura hoje, tendo a professora Fátima ainda sido presidente da Apiesp nos últimos mandatos.

Querida amiga Fátima, prezado amigo Fabiano, vocês materializaram a expressão do que é ser uma universidade-irmã. Foi com espírito de irmandade, com desprendimento, representando nossas instituições, unindo-as pela força do afeto, que vocês atuaram de maneira exemplar, sempre juntos, sempre somando vozes. A UENP, mais do que uma universidade co-irmã, foi um super-irmã. Parabéns pelo trabalho em prol do Norte do Paraná que vocês fizeram por meio do exercício da reitoria. A UENP cresceu, teve ampliado o seu reconhecimento nacional e internacional, marcou posicionamentos fortes no debate político sobre ensino superior e se tornou mais admirada sob a gestão de vocês.

Por fim, gostaria de agradecer a parceria extremamente dedicada e competente do professor Aldo Nelson Bona, um dirigente oriundo de uma de nossas instituições, a Unicentro, e que reconhece por meio de seus atos, dos menores aos maiores, a relevância das universidades. O professor Aldo é com certeza hoje a pessoa que mais experiência tem na gestão do ensino superior em nosso estado. Duas vezes vice-reitor, duas vezes reitor, presidente da ABRUEM e presidente de APIESP, ele ocupa por mérito a SETI. Quero aqui externar o nosso apoio, e creio poder falar em nome das demais IES, à defesa do sistema que o professor Aldo vem fazendo à frente da Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Minha gratidão à professora Fátima e ao professor Fabiano pelos anos de convivência. Meus parabéns aos professores Fábio e Ricardo, a quem desejo uma gestão luminosa.

Viva a universidade pública brasileira!
Viva a UENP!

Miguel Sanches Neto - Presidente da Apiesp

Última modificação: Quarta, 21 Setembro 2022 12:34
Compartilhe: